COVID-19: Nossa prioridade número um é a saúde e a segurança de nossos funcionários, clientes e parceiros. Veja a declaração do nosso CEO.

  • Ícone bandeira do Brasil
  • Ícone bandeira da Inglaterra
  • Ícone bandeira da Espanha

Ascenty inicia a construção de dois Data Centers no México

03/06/2020
Ascenty inicia a construção de dois Data Centers no México

A Ascenty, empresa líder no mercado de data centers na América Latina, anuncia o início simultâneo de duas obras no México. A expansão confirma a posição de liderança da companhia na região. No total, a Ascenty completará 22 data centers em três países, ampliando a abrangência de atendimento às demandas de clientes nacionais e multinacionais.

Os dois novos data centers, localizados no estado de Querétaro estão previstos para iniciar as operações em 2021. Cada unidade tem área de 24.000 m² e possui capacidade de carga de 30 MVA de energia. O investimento total para a construção das duas unidades é de US$ 300 milhões.

 “O México é uma região promissora para a expansão da Ascenty, e nossa estratégia é sempre avaliar a possibilidade de construção de um novo data center a partir de uma demanda que justifique o investimento. Tanto as instalações no México, como também as do Chile, impulsionam oportunidades de negócio e ampliam nossa capilaridade de atuação, reforçando a posição da Ascenty e Digital Realty, que são líderes mundiais em infraestrutura de Colocation”, afirma Chris Torto, CEO da Ascenty.

A Ascenty também conta com um ecossistema de interconexão, que contempla 4.500 km de rede de fibra óptica proprietária, conectando todos os data centers em operação, os principais provedores de nuvem do mundo e cable landing stations do Brasil. A empresa se posiciona como carrier neutral para viabilizar conexões por meio de qualquer operadora ou por sua própria rede.

Roberto Rio Branco, vice-presidente de Marketing e Relações Institucionais da companhia, destaca as vantagens de poder contar com a estrutura de conectividade da Ascenty. “A interconexão exige que as empresas façam uma transformação digital para a nuvem obrigatoriamente. Pois só assim poderão tirar proveito máximo das potencialidades de recursos de acesso remoto, mobilidade e big data, entre outras tendências, que deverão representar mais de 50% dos negócios em alguns anos.”

 

Solicite uma proposta Solicite uma proposta Agende um tour Agende um tour Chat online Chat online