• Ícone bandeira do Brasil
  • Ícone bandeira da Inglaterra
  • Ícone bandeira da Espanha

ROI em Colocation: tudo o que você precisa saber sobre o assunto

27/09/2019
ROI em Colocation: tudo o que você precisa saber sobre o assunto

Você já deve saber que o Colocation, também conhecido como housing, é um serviço no qual as organizações contratam um fornecedor para alugar um espaço e infraestrutura de data center. Trata-se de um dos serviços mais vantajosos que as empresas podem adotar atualmente. Mas, quando procuramos por conteúdos sobre o assunto, é difícil encontrar algum sobre ROI em Colocation. 

Afinal, adotar essa solução traz ROI para uma empresa? Na prática, contar com o serviço que entrega maior capacidade, qualidade de infraestrutura e conectividade traz uma série de benefícios como: 

  • Aumento do nível de segurança das informações;
  • Reposição rápida dos hardwares necessários;
  • Redundância;
  • Suporte 24/7;
  • Infraestrutura mais completa e atualizada. 

Mas, o grande objetivo que toda empresa tem ao adotar essa solução é obter um ROI positivo, ou seja, o retorno sobre o investimento no menor espaço de tempo possível. 

Para ajudá-lo, preparamos esse conteúdo com tudo o que você precisa saber sobre o ROI em Colocation. 

Para começar, separamos 3 passos simples, que ao serem implementados, vão ajudar a otimizar seus esforços. Confira!

3 passos para garantir o ROI em Colocation


1. Escolha o provedor correto


Pode parecer óbvio, mas na verdade, muitas empresas ainda se descuidam no momento de escolher o seu provedor de Colocation. É importante entender que a terceirização de data center é uma parte importante do seu negócio, e por isso, deve estar nas mãos de uma empresa que tenha qualidade comprovada e clientes satisfeitos com o serviço. 

Por isso, pergunte sobre os pontos que possam dar informações claras e importantes sobre a qualidade de cada provedor que entrar em contato para fazer um orçamento, como por exemplo: 

  • Sobre seus SLAs;
  • Características dos ambientes dos data centers;
  • Modelos de custo ao longo do tempo e de utilização;
  • Recursos de segurança física e digital;
  • Certificações e processos operacionais.

ROI em Colocation: tudo o que você precisa saber sobre o assunto


2. Seja estratégico durante e após a migração


Depois de escolher o melhor provedor de Colocation para a sua empresa, é necessário agir com a melhor estratégia para que seu ambiente de TI continue funcionando plenamente após a migração para outra infraestrutura. 

Antes de iniciar a migração de fato, é recomendável realizar um inventário de todos os ativos digitais. Isso inclui levantar informações de backups e atualizações agendadas para que eles não entrem em conflito e você perca dados ou seu ambiente se torne parado após a migração, por exemplo. 

Também é necessário preparar o seu data center para ser migrado, e isso inclui a coordenação de sua equipe de TI com o provedor do Colocation para que ele tenha a noção de todas as especificidades do equipamento da sua empresa. 

Após a migração de seu data center é importantíssimo que você mesmo execute testes para auxiliar o seu provedor de Colocation a identificar problemas que possam surgir durante o processo. Entre os testes realizados, procure verificar a disponibilidade de dados e velocidade de conexão com o Colocation, por exemplo. 

3. Analise se conseguirá crescer com o mesmo fornecedor de Colocation
 

Seu provedor de Colocation deve ajudá-lo a escalar em espaço e energia, para que você possa se mover em direções diferentes no futuro quando sua empresa também estiver em fase de crescimento. 

Será que o provedor possui mais data centers em construção? Pelos clientes que atende, haverá a capacidade de suportar um crescimento contínuo ao longo do tempo? 

Verifique essas informações e se certifique de que toda a infraestrutura possui o padrão exigido pelo mercado. Você pode se deparar com empresas que querem baratear os serviços sem prestar a assistência e garantir a qualidade adequada. Dessa forma, ao seguir esses passos, poderá ter certeza que o ROI em Colocation é garantido!

ROI de Colocation na prática 

Mas afinal, quais os retornos concretos que podemos considerar como ROI ao investir no Colocation para uma empresa?

Redução de custos 

A prova mais concreta do ROI em Colocation é a redução de custos. Graças a esse serviço, pequenas empresas podem sim obter os recursos necessários de um grande departamento de TI sem ter que fazer o investimento de capital inicial. 

Empresas de médio a grande porte também podem expandir sua capacidade de infraestrutura sem realizar construções que demandam um grande investimento. Com o Colocation, tudo já está pronto, basta pagar um valor muito inferior para utilizar os serviços!

Aumento de segurança 

Os data centers dos melhores provedores de Colocation possuem segurança de rede de alto nível, incluindo os mais recentes sistemas de mitigação de tráfego para detectar e impedir ataques cibernéticos aos ambientes de seus clientes. 

Para contar com isso em um data center interno, por exemplo, os custos da operação seriam muito mais elevados. Isso significa que o ROI em Colocation também está inserido no retorno obtido com o aumento de segurança.

Escalabilidade 

Se for possível elencar um único retorno que faz toda a diferença, é a possibilidade de aumentar ou diminuir a capacidade de processamento e armazenamento com o Colocation graças a escalabilidade. 

O Colocation permite que você expanda sua infraestrutura para atender às necessidades de crescimento da sua empresa sem ter que assumir um alto custo. Se sua empresa crescer, sua infraestrutura de TI pode se expandir para oferecer suporte rápido, tudo isso com menos investimento. 

Agora que já sabe todos os detalhes sobre o ROI em Colocation, não perca mais tempo e entre em contato com a Ascenty, a empresa líder na América Latina em infraestrutura de Data Centers!

 

Solicite uma proposta Solicite uma proposta Agende um tour Agende um tour Chat online Chat online