Finanças 4.0: entenda o que é e saiba como a tecnologia é capaz de contribuir com o setor financeiro

Você já ouviu falar em Finanças 4.0? O movimento de transformação do setor financeiro acontece na esteira de outras revoluções, como a Indústria 4.0, e pode revolucionar as empresas da área.

E veja bem, essa não é uma novidade para o mercado como um todo.

De acordo com relatório da Zippia, em 2021, a indústria tech já correspondia a uma fatia de 35% do mercado mundial.

Essa relevância faz sentido, já que o investimento em tecnologia é uma necessidade.

Na verdade, conforme dados da Advance 2000, 57% das empresas dizem que aproveitar as principais tecnologias digitais é fundamental para suas operações.

Além disso, quase um terço das organizações acreditam que implementar iniciativas de transformação digital é uma questão de sobrevivência em seus respectivos setores — incluindo o financeiro!

Mas afinal, o que é Finanças 4.0 e como essa transformação pode contribuir para melhores resultados para empresas do setor?

É o que vamos desvendar neste conteúdo, confira! 

O que é Finanças 4.0?

Finanças 4.0 trata basicamente do uso de tecnologias como IA, machine learning, IoT, blockchain e automação para fazer o melhor uso dos dados financeiros de um negócio. O objetivo é modernizar funções como orçamento, planejamento e gestão financeira.

Hoje, não existe exatamente um consenso sobre o que define Finanças 4.0, mas pode-se afirmar que tem relação com a implementação de tecnologia nas finanças.

Dessa maneira, trata-se de uma transformação digital no próprio setor financeiro impactando profundamente nas operações e modelos de negócio de instituições da área.

Mais popularmente, falamos das fintechs, que já ocasionaram uma disrupção no mercado, oferecendo tecnologias inovadoras e serviços qualificados para instituições e até mesmo para os clientes finais.

Tudo isso enquanto alinhados as principais tendências de TI, como hiperconvergência, data centers sustentáveis, eficiência energética, entre  outros!

Finanças 4.0: integração tecnológica e financeira

Um dos principais objetivos de Finanças 4.0 é a integração entre tecnologia e as capacidades financeiras — seja de um negócio ou de uma instituição do segmento.

O uso de sistemas integrados e, mais especificamente tecnologias inovadoras, permite que todas as empresas melhorem e gerenciem suas informações financeiras.

Hoje, o departamento financeiro como um todo é — muitas vezes — visto como um armazenador de registros, servindo apenas para controle de caixa e geração de relatórios eventuais.

Embora muitas das principais responsabilidades permaneçam as mesmas, a adoção da tecnologia ajuda os líderes financeiros a se tornarem especialistas estratégicos.

Assim, eles podem orientar os negócios para a modernização, expansão do mercado e crescimento, ao mesmo tempo em que gerenciam os custos e os resultados.

Entre os benefícios da integração tecnológica e financeira, podemos citar:

  • Automatização dos processos: utilize sistemas poderosos que podem integrar setores e centralizar dados, automatizando tarefas e tornando sua operação mais eficiente.
  • Inteligência artificial: com a IA, é possível analisar o comportamento de parceiros e clientes, o que lhe dará insights para tomar melhores decisões e descobrir as principais oportunidades de negócio.
  • Segurança e expansão dos dados: conte com todo potencial de tecnologias como o blockchain e a criptografia avançada para proteger dados e criar um ecossistema financeiro livre de terceiros mal-intencionados.
  • Big Data e controle do capital: o uso de tecnologias de Deep e Dark Analytics revolucionará a forma que sua empresa lê o Big Data — ampliando seu controle do dinheiro.
  • Novos serviços: para empresas do setor financeiro (como bancos, operadoras de créditos e fintechs), a revolução vai permitir utilizar todas as tecnologias acima com foco no cliente final, entregando novos e inovadores serviços, tornando sua entrega de valor uma parte essencial da gestão financeira das pessoas e das empresas que atende.

Uma gestão com menos burocracias e mais garantias

Um dos grandes objetivos — se não o principal — das empresas hoje é otimizar seus processos. E é verdade: melhores resultados só acontecem com uma estrutura processual eficiente, à prova de erros e completamente otimizada.

Mas como fazer isso?

É um caminho que a Finanças 4.0 pode abrir, já que age diretamente sobre um setor de vital importância para o negócio.

Assim, com o uso de tecnologias de alta capacidade (como redes de conectividade de baixa latência e sistemas de gestão modernos) é possível minimizar a ação humana nos processos operacionais.

Desse modo, seus profissionais se baseiam nos dados e insights tecnológicos para agir em momentos pontuais.

É uma forma de otimizar os processos e tornar sua operação mais focada naquilo que importa: nas necessidades do seu cliente.

Como isso é possível? Bom, veja só:

Imagine que Luciano, CEO de uma empresa que desenvolve e comercializa um SaaS de gestão financeira, esteja buscando uma forma de otimizar processos.

Ele conhece o mercado. Sabe que bons profissionais são custosos e que o problema não é seu time, mas a maneira que os projetos são realizados.

Portanto, ele deve otimizar os processos.

Para isso, seguindo algumas tendências, decidiu investir em uma solução de IA capaz de automatizar várias tarefas do backoffice.

Assim, ele previa reduzir os custos e focar seu budget no desenvolvimento dos processos.

E foi exatamente isso que ele conseguiu!

A tecnologia tomou conta das operações rotineiras do setor de finanças, o que reduziu a necessidade de mão de obra dedicada e permitiu que o time se dedicasse mais estrategicamente em busca de oportunidades relacionadas.

De acordo com uma pesquisa da Oracle, empresas que aplicam IA no departamento financeiro relatam uma melhoria média na produtividade em 33% e uma diminuição de 37% dos erros.

Além disso, empresas que empregam tecnologias inovadoras são 9,5 vezes mais propensas a obter maior precisão nas métricas financeiras e operacionais do que aquelas que não têm. 

Conclusão

Finanças 4.0 promete mudar o mundo das finanças, introduzindo novas tecnologias, metodologias e criando oportunidades para empresas de todos os tipos.

Para o resto do mercado, é importante se manter atualizado com as novas eras tecnológicas, pois indústria, mercado e tecnologia se conectam.

É essencial não apenas para que sua empresa permaneça relevante, mas também para fornecer o melhor serviço ou produto aos clientes.

E você, gostou de aprender mais sobre Finanças 4.0? Esperamos que esse conteúdo ajude você a se contextualizar mais sobre o assunto!

Para seguir aprendendo, que tal ler nosso próximo artigo? Confira: Entenda a importância da conectividade para os novos procedimentos financeiros