6 principais acertos que fazem a sua empresa reduzir o consumo de energia com TI

Que tal ouvir o nosso conteúdo?

Fazer uma empresa crescer saudável passa diretamente pela redução de custos. Contudo, o consumo de energia de TI nem sempre recebe a atenção que merece. O fato é que o uso dos equipamentos e a própria rotina da equipe impactam significativamente nas despesas da organização.

Nesse sentido, uma boa gestão traz benefícios que vão além da redução de custos. Afinal, a sustentabilidade é um tema amplamente discutido atualmente. Além de assumir uma postura de responsabilidade ambiental, uma empresa que consome menos, constrói uma imagem melhor no mercado, criando oportunidades de negócio.

Não é à toa que algumas organizações — sobretudo multinacionais — valorizam esse quesito na hora de contratar um fornecedor ou terceirizar um serviço. Então, confira a seguir 6 dicas que separamos para ajudar você a reduzir o consumo de energia com TI!

1. Adote a TI verde

O conceito de TI verde (Green IT) surge de um movimento global que tem como objetivo minimizar o impacto que o uso das tecnologias tem nos ecossistemas. Isso envolve toda a cadeia produtiva e exige a aplicação de algumas práticas específicas. Um dos benefícios é justamente o impacto positivo na redução de despesas com consumo energético.

O armazenamento em nuvem é um bom exemplo disso. Com menos hardware dentro da empresa, o consumo de energia elétrica é menor. Já do ponto de vista global, há também uma otimização do uso de hardware, já que o provedor do serviço tira proveito dos equipamentos para atender à demanda de diversas empresas. Isso tem relação direta com uma segunda iniciativa que você pode tomar: a modernização dos equipamentos.

2. Adquira dispositivos mais econômicos

Preocupados com a pauta da sustentabilidade e com o próprio consumo energético, os fabricantes de equipamentos têm desenvolvido produtos cada vez mais econômicos. Nesse ponto, a TI deve estar atenta a um ponto fundamental: quando falamos de reduzir o consumo, não se trata apenas dos servidores e computadores.

Equipamentos como o ar-condicionado e a própria iluminação da empresa influenciam em diferentes níveis o gasto geral. Por isso, é importante investir na modernização da infraestrutura. Quanto mais antigos forem seus dispositivos, maior o consumo tende a ser.

Lembre-se que servidores locais também exigem uma sala refrigerada e toda uma infraestrutura para funcionamento. Então, tecnologias como a nuvem podem ajudar sua empresa a reduzir o uso do ar-condicionado e de outros dispositivos, como sistemas de segurança, nobreaks etc.

3. Otimize o uso do ar-condicionado

E por falar no controle de temperatura, tenha em mente que reduzir o consumo de energia com TI não significa necessariamente renunciar a eles. Um estudo para otimizar o uso do ar-condicionado pode levar a um projeto mais econômico para a empresa.

Vale a pena, por exemplo, desligar um sistema e reduzir a refrigeração do escritório fora do horário de trabalho. Controlar a temperatura por meio de um sistema automatizado também ajuda a evitar desperdício sem renunciar ao conforto e bem-estar dos colaboradores.

No ambiente dos servidores, é possível ainda elaborar um layout de corredores quentes e frios, a fim de direcionar o ar frio para as áreas essenciais.

4. Conscientize seus colaboradores

Toda mudança desse tipo exige engajamento coletivo das equipes. Afinal, o consumo energético não é fruto apenas da presença dos equipamentos, mas também da forma como eles são usados.

Oferecer treinamentos para explicar o impacto dessas ações é um ponto fundamental. Todos devem entender não apenas o que deve ser feito, mas os motivos e as melhores práticas a serem adotadas. 

Configurar o desligamento automático dos computadores ao final do expediente é um bom exemplo de ação automatizada. Porém, vale a pena orientar os colaboradores a desligarem os monitores no horário de almoço ou ao saírem de suas mesas, por exemplo.

Isso nos leva à próxima dica.

5. Crie metas de redução de consumo

É importante que todos tenham metas a serem alcançadas. Isso se aplica aos colaboradores e à equipe de TI como um todo. Definir um cronograma de migração para a nuvem pode ajudar, por exemplo. Porém, é fundamental ter algumas metas que ajudem os colaboradores a entenderem onde a empresa quer chegar.

Somado a isso, adote indicadores que permitam monitorar a redução do consumo de energia. Detalhar o uso de eletricidade em cada área ou por conjuntos de equipamentos pode ser um bom exemplo.

Além disso, lembre-se: o consumo de outros recursos, como a água, também gera despesas e, em alguns casos, estão atrelados ao uso de eletricidade. Então, a economia não deve ser limitada à energia elétrica.

6. Conte com uma solução de colocation

O termo colocation — também conhecido como housing — se refere a uma estratégia de terceirização de data centers. Na prática, sua empresa pode transferir para um provedor do serviço o uso de servidores, que ficam armazenados nas dependências desse parceiro comercial.

Um dos principais benefícios é justamente a redução do consumo energético da empresa. Contudo, o colocation também reduz a demanda por manutenção interna, do uso de hardwares antigos e da própria infraestrutura de refrigeração.

O ambiente virtual destinado à sua empresa é totalmente separado de outros sistemas do fornecedor. Assim, sua TI conta com um espaço dedicado para usar o armazenamento com a máxima eficiência e o nível de segurança dos dados que você precisa.

Uma dica importante é contar com um parceiro comercial que ofereça um serviço com alto nível de desempenho e segurança. A Ascenty é um bom exemplo disso. Líder do mercado de colocation na América Latina, a empresa brasileira entende como ninguém as demandas específicas do território nacional.

Com uma infraestrutura robusta e equipes altamente qualificadas à disposição, a Ascenty promove melhorias significativas para seus clientes, como a redução de custos e um maior controle sobre o ambiente. O serviço inclui, por exemplo, gerenciamento completo das máquinas, além de um alto nível de segurança.

Como você pôde ver, existem formas simples de reduzir o consumo de energia com TI — e esse é um objetivo do qual nenhum de nós pode abrir mão. Então, coloque essas dicas em prática e conquiste resultados cada vez melhores para sua empresa!


Se quer entender como o colocation pode funcionar com eficiência no ambiente específico da sua TI, entre em contato com a Ascenty agora mesmo e tire suas dúvidas!